terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Série "Gatos no Mundo: notícias e curiosidades" - 04

Aqui em casa nossos dois meninos são a alegria da casa: mais do que adotados, eles são nossos verdadeiros filhões!

Ongs ajudam animais carentes e promovem adoção consciente

Adote um bichinho
Muita gente já sabe: ter um animal de estimação é uma das coisas mais legais do mundo. Eles nos fazem companhia, nos divertem e enchem a casa de doçura. Mas você já pensou que ao tomar a decisão de levar um bichinho pra casa, você pode estar realizando um ato muito maior? Comprar um cachorro de raça ou um gato de pedigree, bem cuidados e cheios de regalias é uma coisa. Mas adotar um carente é muito melhor. Algumas ONGs no Brasil fazem um trabalho bem bacana retirando animais das ruas. Eles resgatam os peludos nas condições mais adversas, dão casa, comida, castram e começam a busca por uma família para cada um deles. Esse é o caso da Adote um Gatinho, com sede em São Paulo, fundado em 2003. Mais de três mil e quinhentos gatos já passaram pelas mãos de Juliana Bussab e Susan Yamamoto, as fundadoras da ONG. Hoje, com sede própria, voluntários e abrigo para os bichanos, elas cuidam de mais de 300 felinos e se mantém com doações. “Infelizmente, não contamos nem com patrocínio de empresas, nem com apoio governamental. Assim, o AUG sobrevive apenas das doações de pessoas físicas e da venda de seus produtos”, diz Juliana Bussab.
Responsabilidade
Mas antes de adotar qualquer animal, é preciso ter muita responsabilidade. Eles podem viver quase vinte anos, e dependem de seus donos. Pegar e largar depois, por mais incrível que pareça, é fato comum no dia-a-dia. “Animais de estimação não são descartáveis, nem brinquedo. Devem ser sempre parte da família. Se você costuma viajar por longos períodos para locais onde não se pode levar animais, também é aconselhável repensar a adoção”, afirma Juliana. Também é preciso saber se o lugar onde você fará a adoção é regular. Juliana lembra que “você sempre pode adotar animais abandonados no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da sua cidade, mantido pela Prefeitura. Além disso, pode procurar o seu bichinho nas ONGs de proteção animal. Aqui em São Paulo, podemos citar como exemplo a nossa ONG, o Adote Um Gatinho, o Clube dos Vira-Latas,  a Ajudanimal,  e a UIPA. É importante procurar referências dos locais de adoção com seus conhecidos. De modo geral, as ONGs sérias só entregam animais castrados e mediante a assinatura de um Termo de Responsabilidade”.
Pedro Menezes, que já adotou dois gatos “carentes” não se arrepende: “Tenho consciência de estar fazendo um mundo mais legal, tirando bichos abandonados das ruas. E eles são a alegria da casa!”. E para que as cidades não continuem lotadas de peludos vagando, as ONGs divulgam e pregam a castração. Gatos dão cria até 4 vezes por ano, a partir dos 6 meses. “A castração é fundamental por vários motivos. Em primeiro lugar, a castração evita diversos problemas de saúde – animais castrados, por exemplo, têm menores chances de desenvolver certos tipos de tumores. Além disso, a castração ajuda muito na resolução de problemas comportamentais, diminuindo a agressividade e a necessidade de controle territorial do animal. Por fim, ela é fundamental para o controle populacional, e consequentemente, para a redução do abandono e dos maus-tratos dos animais”, lembra Juliana.
Como ajudar?
Caso você não possa ter um bichinho, mas é solidário com a causa, existem outras maneiras de ajudar. Essas ONGs e entidades recebem doações em dinheiro ou em rações, remédios, cobertores e brinquedos. Também é possível ser voluntário e ajudar na limpeza dos abrigos, na procura por parceiros, por doações ou por possíveis adotantes. Muitas delas ainda têm lojinhas que vendem produtos com sua marca. A renda sempre é revertida para as despesas mensais da ONG. Formas de colaborar são inúmeras.
Denuncie
Você também pode ajudar denunciando maus tratos. “Submeter um animal a maus-tratos é crime previsto no artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605) e pode acarretar em multa ou pena de três meses a um ano de prisão. O primeiro passo é reunir a maior quantidade de provas possível. Fotografias, vídeos, laudo ou atestado veterinário, placa do carro de quem agride ou abandona e até testemunhas. Tudo o que sirva para mostrar a situação do animal e ajude a identificar o agressor. Em seguida, procure a delegacia mais próxima e faça um Boletim de Ocorrência (BO). Por garantia, leve com você uma cópia da Lei de Crimes Ambientais ou tenha escrito o número da lei e o que diz o artigo 32. Em São Paulo e na Grande São Paulo os BOs podem ser feitos também pela Internet, no site da Secretaria de Segurança Pública Depois de preencher o formulário, a polícia entrará em contato para confirmar as informações e, se estiver tudo certo, você receberá uma cópia do documento por email”, explica Juliana.O jeitinho de cada umE se depois de ler essa matéria até aqui você decidiu que realmente quer adotar um carente, é preciso saber qual bichinho se adequará melhor ao seu estilo de vida. As ONGs, geralmente, conhecem muito bem cada animal que está sob sua responsabilidade. E, por isso, são capazes de dizer sobre a personalidade, hábitos e jeitinhos dos peludos. Assim, eles te ajudam a escolher o que pode se adaptar melhor à sua casa. E mesmo se o bichinho não for um filhote, as chances de adaptação ao novo lar são enormes. Felicidade garantida para ambos, né? “Uma boa adoção deve levar em conta tanto as características do dono quanto as do animal. Devem ser considerados a personalidade do dono, a disponibilidade de tempo que ele dispõe, o tamanho da sua residência, se há crianças ou idosos na casa, a personalidade do animal, etc. Gatos costumam fazer sucesso porque conseguem viver em espaços menores, e, de modo geral, não demandam tanta atenção quanto os cães. Mas, ainda sim, há gatos que são super carentes, mais até do que cães!”, Juliana comenta sorrindo.Não esqueça de também reservar uma parte do orçamento doméstico para despesas. Veterinário, vacinas, caminha… um saco de 2kg de uma boa ração para gatos pode custar cerca de R$ 70,00. Por isso, pense bem e reserve um dinheirinho mensal para seu novo amigo.Adotar é, antes de tudo, um ato responsável. O bicho de estimação depende de você. Mas, sobretudo, vai trazer muitas alegrias e momentos de risos e felicidade para você! Adotar é salvar uma vida e é tudo de bom! (daqui)

Beijos da trupe!!


terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Aqui em casa é (ainda bem) "O GATO CHUPANDO MANGA"!

Se tem uma frase que queremos passar longe é "fulano(a) é que nem o 'cão chupando manga'".

Mas para a nossa alegria, e, mais ainda, a de Zorro, aqui é o GATO CHUPANDO MANGA!

As imagens são auto-explicativas, e o vídeo, então...!

Lembram que eu falei que ele adora manga? Está aí a prova:





video


Ps.: ah, agora ele come também maçã sem casca, pinha sem caroço, banana... e está atualmente se aventurando no umbu, hahahahaha!

Beijos da trupe!!




Domingo foi o dia da HIGIENE FELINA, e Pintada virou uma ONÇA!!

É, como diz o título do post, "domingo aqui em casa foi o dia da HIGIENE FELINA, e Pintada virou uma ONÇA!!". Mas não uma onça no sentido figurativo da palavra, e, sim, no quase-literal.

Eu explico!

Primeiro: acostumamos os meninos a tomar banho desde pequenos, no nosso box e com água quente (que chique!!!);

Segundo: Dan dá o banho deles (e com sabão Dove, via recomendação da veterinária - que chique de novo!!!), e eu fico com o trabalho de secar na toalha e no secador (acreditem: É A PIOR PARTE, porque enquanto Pintada o-d-e-i-a a toalha, Zorro tem p-a-v-o-r do secador);

Terceiro: nesse dia, com certeza, eles ganham (como ganharam) a escovada de dentes, porque, caso contrário, o lambe-lambe deles põe todo o nosso trabalho a perder;

Quarto: limpo as orelinhas deles com uma loção específica, apesar de elas andarem sempre "nos trinques", porque um vive limpando lambendo a orelha do outro;

Quinto: com o VERÃO e o calor de matar, resolvemos aparar o pêlo deles com a maquininha de barbear do papai.

O mais surpreendente é que, por Pintada ter fama (e atitude) de arisca, imaginávamos que ela daria mais trabalho, porém foi o contrário: a bichinha ronronou na tosa; já Zorro, o medroso-do-secador (e, por conseguinte, de todo equipamento elétrico que faça o barulho do motorzinho), queria fugir a todo o momento, se esquivando e tudo o mais.

O resultado foi que os meninos sairam da sessão-higiene limpos, cheirosos, arrumados, tosados, fofíssimos e só então descobrimos que Pintada faz mais do que jus ao seu nome: apareceram, com a depilação-felina, linda manchinhas estilo-ONÇA (daí o título do post) no seu corpinho: de um lado, listras; de outro, bolinhas!

Minha menina ganhou mais um apelido desde domingo: ONCINHA (coincidentemente, um dos que eu tinha na época do colegial, depois que eu paguei o maior micão de me apresentar em uma peça escolar vestida de onça, hahahaha - hoje eu dou risada, mas imagina meu desespero aos 13 anos!!! Ninguém merece!).

Apesar de eu não ter, propriamente, feito o antes e o depois, dá para ter uma noção de como ela ficou:

Lado-bolinha (lateral esquerda da ZIZI)

Lado-listras (lateral direita da ZIZI)

Ela não ficou linda?

Beijos da trupe!!



segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Voltamos!!!

Voltamos!! O nosso recesso durou mais que o esperado, pois vieram as férias-surpresa, minha e de meu marido, e a necessidade de descansarmos e "arrumarmos a casa", tanto no sentido literal como no figurativo, já que resolvemos diversas pendências nesse começo de ano.

Pois é, janeiro já está quase terminando e só agora consegui parar aqui na frente do computador, que, alías, estava na assistência técnica devido a um problema de série.


O bom é que nesse tempo aproveitei para curtir muitooo o meu marido, minha família e meus dois e eternos meninos: ZORRO e PINTADA.

E falando neles, hum..., tanta coisa aconteceu!! Mas vou contando aos poucos em forma de posts! E hoje, então, escrevo mais dois: um dedicado a cada um deles!

Minhas desculpas pelo sumiço e muitas saudades daqui e de vocês!

Ah, como é bom poder voltar a respirar os bons, revigorantes e reconfortantes "ares blogueiro-felino"!!!

Beijos da trupe!! E um 2011 redondinho!!


domingo, 26 de dezembro de 2010

Recesso... e Feliz Ano Novo!

Gente, minhas desculpas.... de antemão faço minha "mea culpa" pela falta de tempo, e, consequentemente, de postagens e passeios pelos blogs amigos!!

Vamos viajar amanhã e só retornaremos no dia 04. jan.

Desde já, estou morrendo de saudades de vocês, e, para meu desespero de mãe felina, estou com o coração apertado por deixar meus meninos sozinhos por tanto tempo. O que ameniza a situação é que nossa diarista virá dia-sim, dia-não para cuidar deles, dar carinho, comida, água, limpar liteira e brincar um pouco! Mas ainda assim, estou um pouco triste!!!

Bem, é isso aí! Desejo a todos vocês um 2011 repleto de paz, saúde, alegria, felicidade, calmaria, equilíbrio, realizações e muito amor. Que Deus invada os nossos lares e corações no ano vindouro!

Ah, e antes de finalizar, vou deixar aqui o registro do maior presente que os meninos me deram esse ano: VÊ-LOS CRESCER FORTES, FELIZES E SAUDÁVEIS:



Em 2011 nos veremos novamente, e com força total!

Beijos enormes, festivos e saudosos da trupe!!


sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

"We wish you a Merry Christmas...!"

Está chegando a noite tão esperada e a véspera do dia que marca, para nós, o nascimento do Senhor, o menino Jesus!

É tempo de reflexão, de renovação, de paz, esperança e compaixão. É tempo de ponderação e correção. É tempo de Amor. É tempo de Amar. É tempo de nos certificarmos se fomos - e somos - cristãos todo o tempo. E sempre é tempo! Sempre é tempo do e para o  Nosso Pai!

Um Feliz e Santo Natal, são o nossos votos, extensíveis a todos os familiares e amigos queridos!




 
Um grande beijo, recheado de sentimentos fraternos e natalinos, da trupe!!


quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

01 Árvore de Natal pequena + 02 gatinhos pequenos!!!

Todos duvidavam que eu ia conseguir manter a minha antiga mega-Árvore de Natal, enquanto eu, na mais santa ingenuidade de mãe felina de 1ª viagem, achava que sim...!

Mas não deu outra: o pé da nossa árvore foi-se e agora ela só no Natal que vem (e se conseguirmos encomendar um pé novo com um marceneiro conhecido, hehehe).

Então, eu e meu marido fomos à procura de uma substituta e encontramos uma bem diferente e com 75% de promoção, hahahaha! 

Compramos, óbvio!!

Porém demorei para  postar no blog porque logo no outro dia do acontecimento (21 de dezembro), o prédio do OI-Telemar aqui tocou fogo e somente ontem à noite tivemos total acesso à internet (para vocês imaginarem o caos, todos os celulares OI ficaram fora do ar, os telefones fixos não funcionavam e muitas lojas do shopping perderam vendas porque não conseguiam passar o cartão, e até hoje não consigo ligar para e de alguns números, inclusive do telefone daqui de casa!).

Bem, voltando ao assunto-árvore, na verdade achamos em uma loja duas delas: uma parecida com a nossa antiga, bem menor e muito cara, e outra totalmente diferente (apesar de pequena também) e na promoção: não deu outra, fui para a segunda opção e sabem de uma coisa?? Curti mais do que minha antiga, porque agora eu ganhei mais espaço aqui no "apertamento".

Olha como ficou lindinha:






E o ambiente mais clean, então??

Reparem como Pintada estava desconfiada logo depois de armarmos a Árvore!!

Gostaram também??

Beijos da trupe!!