segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Verão, "sol a pino", cancêr de pele e nossos felinos!!

Gente, eu já estava querendo falar sobre isso há um tempão, desde que descobri que nossos felinos podem ter câncer de pele!

Olha a história:

Todos os nosso amigos aqui do blog sabem que Pintada teve um problema de cegueira e foi submetida a extenso tratamento. Na ocasião, sua oftalma-veterinária nos alertou para algo muito importante: ela tem uma gata muitoooo parecida com minha menina, tricolor igualzinha a ela, com grande parte da pelagem do rosto branca, sem muita, ou melhor, com quase nenhuma melanina.

E o pior: "em casa de ferreiro, espeto de pau", sua gata adquiriu cancêr de pele na região do focinho! O nariz da coitada é uma ferida que só, que quase nunca cicatriza. Na verdade, o problema dela está em um nível tão crítico, que a ferida  já está tomando quase toda a região do focinho e a solução será extrair a parte infectada!

Somado a tudo isso, imaginem o sofrimento dela, tomando remédios todos os dias, várias vezes, e ainda os curativos e tudo o mais. E olha que ela é "filha de veterinária", com todos as facilidades possíveis.

Foi aí que a vet. nos aconselhou a não deixar Pintada tomar sol nos horários de pico (o que ela não pôde fazer em relação a sua gata, já que ela mora em casa) e passar protetor solar na área do "rosto" dela, inclusive - e principalmente - orelha e narizinho.

Bem, para quem não conhece minha incrível cidade natal, e imagina tratar-se de uma metrópole bem servida de quase tudo, se engana quando pensa que em termos de pet. estamos no 1º mundo: ainda não consegui achar o bendito protetor solar aqui e vou ter que encomendar pela net. E sabe o que é o agravante disso tudo: Salvador é um dos locais do país com o maior incidência de raio solar, sem falar na claridade estúpida dessa cidade!

Para minimizar o problema, moramos em apartamento telado, sem varanda. Assim, Pintada e Zorro só têm acesso ao sol principalmente quando andam pela janela, ou quando ela está aberta e os raios entram na casa (de forma violenta, diga-se) e eles se deitam para receber o "calorzinho".

Então, enquanto não achamos o dito protetor solar (TEM DE SER O ESPECÍFICO PARA GATOS, não servem os nossos), meu marido achou uma solução ingrata (mas necessária) para nós: como nosso apartamento é nascente, e as três principais janelas pegam sol pela manhã, ele só deixa uma pequena fresta aberta e escancara a única que dá para o poente. Já à tarde a situação melhora um pouco: nós abrimos as três janelas e fechamos a que bate o sol vespertino.

O agravante: Pintada é janeleira de plantão e profissão, e adora AMA sol! Agora ela vai ter de se contentar, provisoriamente e para o seu próprio bem, com isso:



Ps1.: não é só felino totalmente branco que está sujeito a câncer de pele;

Ps2.: e Zorro entrou na onda do "sol minguado", apesar de essa restrição não se aplicar muito ao meu "pretinho básico", já que ele, além de ser carregado de melanina, não aguenta mesmo ficar muito tempo ao sol porque seu pelinho esquenta rápido, hehehe!

Ps3.: Pintada não se deu por vencida e está aqui me "apurrinhando o juízo":


Beijos da trupe!!


5 comentários:

  1. Ótimaaaa dica!! Todo cuidado é pouco com nossos bichinhos de estimação. E, nesse solescaldante então, nem se fale. É preciso ficar atento.

    Beijos! Néia e Nikita:)

    ResponderExcluir
  2. O sol daqui do sul também é insuportável no verão, infelizmente moro em casa e não tenho como controlar os meus peludos. Só sei que vivo dando broncas quando o Barum e a Luna ficam torrando no sol, principalmente a Luna que é esbranquiçada (branco sujo...), o Barum é pretinho mas também não deve ficar no sol escaldante por muito tempo.
    A Rutha está ficando meio loira de tanto sol, os pêlos da barriga dela estão ficando amarelados...a Pink é a mais caseira e quase não pega sol, ainda bem porque ela é a mais branquinha de casa.
    Eu mesma evito o sol ao máximo, não quero ficar enrugada. Vejo mulheres da minha idade (e mais novas) cheias de pés de galinha, com a pele toda detonada...
    Vocês já estavam me seguindo, não vale seguir de novo...mas eu agradeço a boa intenção !
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  3. Eu também me previno ao máximo com o protetor solar! Os meninos logo logo vão entrar na onda!

    Ps.: Oh, Laís, desculpa... bem que eu achei estranho mesmo, pois tinha certeza que eu já era sua seguidora, mas quando vi ao lado tinha SEGUIR e não aparecia nossa foto: aí eu achei que tinha me enganado, que na verdade não era sua seguidora e coloquei para seguir (de novo), hehehe!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Sim querida, dica muito bem lembrada.
    note que temos aqui em casa o Mingau, totalmente albino, e outros com extremidades brancas, mas meus meninos não pegam sol!
    O que vale não é a cor do pelo, mas sim a cor do "courinho" deles.
    Muita saúde e paz em seu lar e bitocas de Boa Noite nos anjinhos!

    ResponderExcluir