segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Zorro e o pós-cirúrgico!

O pós-cirúrgico de Zorro foi tranquilo... tranquilo para ele!

Apesar de Pintada ter capotado primeiro da anestesia, Zorro acordou depois... e foi muito cômico. Ainda grogue, inacreditavelmente ele se levantou, foi até o quarto do nenê (é assim que chamamos o hoje quarto de visitas e futuro quarto do nosso futuro bacuri) e, para espanto de todos, ele subiu na cama.

Vejam o susto que meu marido tomou e meu desespero para ele filmar a tomada:

video

Realmente a castração do macho é bem mais fácil, em todos os aspectos, inclusive a recuperação... E Zorro não fugiu à regra.

Para começar, ele, ignorando a sua condição física, ensaiou subir, já agora, em nossa cama (que é bem mais alta que a outra), e fez manha para dormir comigo no quarto.

Confesso que eu estava exausta... parecia que fui eu quem tinha tomado anestésico (acho que foi a minha pós-adrenalina da cirurgia). E confesso também que não resisti aos apelos de Zorro: ele veio dormir comigo na cama, embaixo do edredom... E, pior de tudo, confesso que acordei com a perna - e a cama - molhada!!!

Meu filho não aguentou e fez XIXI... na MINHA CAMA!

Só não briguei com ele pelo contexto da coisa toda (e por isso não considerei como Travessura): ele deve ter sentido frio do ar condicionado, ter tentado me acordar (ou não), não tinha ido no banheiro após a cirurgia.... um monte de fatores. Eu o perdoei, sem antes passar o maior tempo limpando a cama!

Olha o estrago:


matando amando muito!!
E o safado menino, depois de aprontar, ainda foi dormir no meu travesseiro como se nada tivesse acontecido...

Já à noite estava todo serelepe, ronronando, nos procurando a todo o momento e um pouco desconfiado da prostração da irmã.

Aí, no outro dia, de manhã cedo, Zorro, entediado de nada fazer, de a irmã o ignorar e do nosso "sono dos justos", resolveu acordar a casa: foi no banheiro social e deu o recado!

Bem, o recado vocês conferem na Série "As Travessuras" (clique aqui).

Mas diz: é ou não é mais tranquila a recuperação dos moleques? Até nisso mulher a fêmea sofre!

Beijos da turpe!


4 comentários:

  1. Ai anjinho... todo tortinho da anestesia! MAs é verdade, castração de machinho é muito mais fácil de cuidar depois, a recuperação é rápida...
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com peninha de ver o Zorro no vídeo...ai meu Deus como a gente sofre com nossos filhinhos, não é mesmo? Mas é importante pra eles, é o certo a fazer, castrar é o melhor remédio. E acordar com xixi de gato na cama? Não deve ter sido fácil..rsrrssrs mas tadinho do Zorro, ele não teve culpa, não é??
    É não é fácil ser mamãe de gatinhos...hehehe porém é muitooo bom.

    Beijos! Néia e Nikita:)

    ResponderExcluir
  3. Que molhadeira !! Ele tá tão fofo no video, coitadinho não deve ter sido fácil pra eles acordar desse jeito sem saber o porquê.
    A Pink foi castrada quando teve filhotes e tive que dormir ao lado dela para que ela ficasse perto dos gatinhos, ela ficava saindo da caminha toda hora sem saber pra onde ir e eu acordava e colocava ela de volta com os bebês. Fiquei com medo que ela não quisesse cuidar deles, mas depois foi uma mãezinha excelente !
    Eu jamais teria coragem de assistir a castração, não posso ver essas coisas que minha pressão cai !
    Boas melhoras para os dois.
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  4. Meninas, é verdade!!

    Acordar com xixi não foi fácil. Mas, como eu sempre falo pro Zorro: "Mamãe ama muito esse gatinho".

    Estamos tranquilos pois fizemos a coisa certa.

    E Laís, nossas felinas, quando dão para ser mães, são "super-mães". É muito lindooo!

    Acho que contei que quando pegamos Pintada, definitivamente, eu a vi cuidando dos priminhos, fingindo dar de mamar a eles... me apaixonei por ela de novo (acho que tenho uma foto disso aqui no celular... vou passar para o cp e postar depois).

    Beijos da trupe!!

    ResponderExcluir